Terça, 30 de Maio de 2023
22°C 33°C
Teresina, PI
Publicidade

A MULHER E OS DESAFIOS DA SOCIDADE MODERNA

Confira!

08/03/2023 às 08h00
Por: Cleidiane Gomes
Compartilhe:
Foto montagem: Layanne Oliveira/Jornal da Advocacia
Foto montagem: Layanne Oliveira/Jornal da Advocacia

Não é de hoje que a vida da mulher na sociedade é marcada por grandes desafios.

Queremos ganhar espaço, crescer, conquistar um mundo que, por vezes, soa como inalcançável.

Buscamos concretizar nossos sonhos, sermos independentes e vencermos diariamente os obstáculos que a sociedade nos impõe.

É, realmente, a mulher mata vários leões por dia!

Somos profissionais, mães, filhas, esposas, donas de casa e um milhão de coisas mais...

Na qualidade de profissionais, somos esforçadas, persistentes, resilientes, fortes e corajosas.... buscamos nos desenvolver e crescer, porém, o mundo profissional oferece degraus mais altos para as mulheres, entretanto, conseguimos subi-los e assim vamos crescendo profissionalmente.

Na qualidade de mãe.... ah, aqui é um desafio maior ainda. Geralmente, acumulamos as funções da maternidade com as da vida profissional.

Somos cobradas e responsabilizadas por tudo o que acontece como nossos filhos. Abrimos mão de muitas coisas na vida por eles.... adiamos sonhos, planos, metas.... muitas mulheres abrem mão de tudo em prol de seus filhos.

Vi uma postagem recentemente no Facebook que dizia o seguinte: “Para um pai trabalhar, ele só precisa de um emprego. Já uma mãe, precisa de um emprego, uma pessoa de confiança para olhar o filho, que os horários se encaixem e ainda tem que ver se não está trocando dinheiro, porquê muitas vezes você entra em um emprego e só está pagando para tomarem conta do seu filho e você trabalha, hoje em dia a maioria dos salários mal dá para pagar as contas. Ser mãe não é mole não, vou te contar!” (Autor desconhecido)

Esse desabafo acima descrito só relata a dificuldade da mulher no âmbito profissional, pois além dos degraus serem mais altos, ainda temos outros agravantes em paralelo.

Somos julgadas quando queremos conciliar maternidade e autocuidado. Parece até que, para a maioria da sociedade, quando viramos mães precisamos abdicar de cuidar da nossa própria pessoa... sorte daquelas mulheres que tem apoio e que conseguem alguém para cuidar de seus filhos enquanto dedicam um tempo para si.

É, precisamos desse tempo. Entendam!

Somos também filhas e precisamos dedicar tempo a nossos pais... eles merecem!

Quando os pais precisam de cuidados específicos, geralmente, são as filhas que assumem esse papel.

Na qualidade de esposas, nosso “terceiro cargo” – costumo assim dizer - , em muitos casos, somos sobrecarregadas e desvalorizadas.

Infelizmente, ainda existe uma ideia pré-estabelecida de que a mulher é destinada a cuidar de todos os afazeres domésticos. E aqui, a maioria das mulheres vivem sobrecarregadas, visto que acumulam muitas funções e não contam com a ajuda de seus companheiros.

Temos consciência de que, após termos família (marido e filhos), somos vistas como donas de casa e temos nossas obrigações domésticas, mas, entendam e vejam que, na maioria das vezes, essa mulher concilia a vida profissional, a maternidade e as tarefas domésticas. Logo, essas mulheres precisam de apoio e ajuda!

Além de tudo isso, a mulher é alvo de inúmeros perigos, como por exemplo, a insegurança de terminar um relacionamento e ser assassinada por seu ex-companheiro; a vulnerabilidade a ser estuprada, dentre outros perigos que nos acometem pelo simples fato de sermos mulheres.

Por fim, conclui-se que, nós mulheres, somo desafiadas a cada segundo.

E sim...

nos sentimos sobrecarregadas, mesmo “dando conta de tudo” ...

precisamos de proteção, mesmo sendo tão fortes....

precisamos de segurança e cuidado, mesmo que saibamos nos cuidar...

Na maioria das vezes estamos cansadas, mas, ainda assim, estamos na luta.

Por vezes, choramos escondido, pensamos em desistir – pois o trabalho é árduo -, imploramos por reconhecimento e ajuda, mas, mesmo trabalhando sozinha somos capazes de vencer.

Quantas mulheres alcançaram altos degraus sozinha? Quantas mulheres criaram seus filhos sozinha e são bem-sucedidas?

Inúmeras!

Com isso, aprendemos que somos os seres mais fortes que existe, pois temos coragem para enfrentar a vida, cuidamos – mesmo não sendo cuidadas -, enfim, conseguimos conciliar tudo o que queremos.

Precisamos nos enxergar como sendo os seres mais magníficos que Deus criou, pois mesmo diante de todas as adversidades e perigos que nos assolam, somos capazes de vencer.

O mundo está perigoso para as mulheres? Sim... e muito. Mas, ainda assim, permanecemos firmes e fortes!

Finalizo esse texto com a seguinte frase: A mulher merece ser cuidada, valorizada e tratada com amor e carinho. Parem de odiar as mulheres e passem a ama-las.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Direito em Família
Sobre o blog/coluna
A Advogada Cleidiane Gomes traz a produção de conteúdo e divulgação de notícias sobre as relações familiares. Compartilhamento de dicas ou respostas rápidas e meramente informativas sobre os questionamentos mais costumeiros dentro do Direito das Famílias Destina-se ao público em geral.
Ver notícias
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,02 +0,00%
Euro
R$ 5,38 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,02 -0,12%
Bitcoin
R$ 147,498,03 +0,08%
Ibovespa
110,333,40 pts -0.52%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias