Segunda, 15 de Julho de 2024
19°C 34°C
Teresina, PI
Publicidade

Ex-presidente da OAB/MT é assassinado em frente ao escritório

Renato Nery, de 72 anos, foi atingido por sete disparos de arma de fogo na calçada logo após sair do seu carro.

08/07/2024 às 13h00
Por: Lucyanna Nunes
Compartilhe:
Foto: Reprodução / Migalhas
Foto: Reprodução / Migalhas

O advogado Renato Gomes Nery, de 72 anos, ex-presidente da OAB/MT e ex-conselheiro Federal, faleceu na madrugada deste sábado, 6, após ser vítima de tentativa de homicídio na manhã de sexta-feira, 5 de julho. Nery foi alvo de pelo menos sete tiros em frente ao seu escritório em Cuiabá/MT.

O advogado foi atingido por disparos de arma de fogo na calçada logo após sair do seu carro. De acordo com informações do hospital, Renato passou por cirurgia e foi encaminhado para a UTI, mas não sobreviveu.

Veja o momento do atentado:

 

Biografia

Renato Nery foi presidente da OAB/MT aos 34 anos na gestão 1989-1991. 

O advogado também atuou como Conselheiro Federal da OAB, momento em que acompanhou as discussões sobre a criação do CNJ.

Pronunciamento da advocacia

Em vídeo publicado no Instagram, o presidente em exercício do Conselho Federal da OAB, Rafael Horn, diz que recebeu com tristeza e indignação a notícia dos atentados e ataques a profissionais da advocacia em razão do exercício profissional.

"A Ordem dos Advogados do Brasil expressa, neste momento difícil, sua solidariedade aos amigos, colegas e familiares do advogado. Acompanharemos a investigação do caso com atenção e cobraremos a punição dos responsáveis", afirmou.

O presidente ainda destacou que a Ordem reforçará ao Congresso Nacional para dar celeridade ao andamento dos PLs 5109/23 e 212/24, que buscam garantir medidas protetivas à advocacia, bem como agravar a pena daqueles que agridem advogados e advogadas no exercício da profissão.

 

Ademais, a OAB Nacional afirma estar acompanhando o caso de perto por meio de seu diretor-tesoureiro, Leonardo Campos. 

"A sociedade de Mato Grosso, em especial a advocacia, está indignada com esse episódio, que não pode ficar impune. É mais um infeliz caso que reforça aquilo que a OAB tem falado insistentemente no Congresso: é preciso aprovar nossas medidas legislativas de proteção e defesa dos advogados. Seguiremos trabalhando para que essas mudanças ocorram. Vamos atuar com todas as nossas forças para que o responsáveis sejam punidos", declarou Campos.

A presidente da OAB/MT, Gisela Cardoso, expressou sua perplexidade com a tentativa de assassinato de Nery. "Não podemos e não iremos tolerar qualquer ataque, qualquer atentado, qualquer violência contra a advocacia", afirmou Gisela.

Fonte: Migalhas

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,44 +0,25%
Euro
R$ 5,93 +0,03%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,06%
Bitcoin
R$ 367,399,12 +10,55%
Ibovespa
129,320,96 pts 0.33%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias