Segunda, 15 de Julho de 2024
19°C 34°C
Teresina, PI
Publicidade

Arquivada ação contra Pablo Marçal por chamar Neto de cheirador de cocaína

Apresentador da Band exigia retratação e desculpas formais do influenciador após injúrias proferidas no Instagram.

26/06/2024 às 12h46
Por: Lucyanna Nunes
Compartilhe:
Juíza arquiva ação em que Neto processava Pablo Marçal por ofensas em live.(Imagem: Rafaela Araújo/Folhapress - Instagram @10neto)
Juíza arquiva ação em que Neto processava Pablo Marçal por ofensas em live.(Imagem: Rafaela Araújo/Folhapress - Instagram @10neto)

A juíza de Direito Aparecida Angélica Correia, da 1ª vara Criminal do Foro Regional de Pinheiros/SP, arquivou um processo em que o apresentador da Band Neto pedia explicações por injúrias proferidas pelo influenciador Pablo Marçal. Para a magistrada, após o pré-candidato a prefeitura de SP prestar os devidos esclarecimentos, a ação alcançou seu objetivo.

O apresentador afirmou que, no dia 9 de maio, Marçal fez uma live no Instagram, onde possui 10 milhões de seguidores, acusando-o de ser "cheirador de cocaína" e desejando sua morte.

Neto exigia que Marçal confirmasse em juízo ter feito essas declarações e esclarecesse se estava realmente se referindo a ele.

 


Segundo informações da UOL, o influencer, que havia propagado fake news de que as autoridades do RS estavam multando veículos de doações, afirmou que obteve as informações por meio da GloboNews.

De acordo com Marçal, a emissora é culpada pela confusão, desinformação e danos a sua imagem. Ele anexou ao processo reportagens em "tom sensacionalista e visceral".

Após as declarações, a magistrada entendeu que o influenciador prestou explicações pertinentes, de modo que a ação atingiu seu objetivo.

Agora, cabe ao ex-jogador estudar se vai entrar com uma nova ação.

 

Críticas às fake news

A controvérsia começou quando Neto criticou influenciadores por propagarem fake news sobre a tragédia no Rio Grande do Sul.

Sem citar nomes, ele condenou a disseminação de falsas informações que prejudicavam as doações às vítimas das enchentes.

"Aí vem um babaca falar que carros e caminhões estão sendo multados, isso é mentira, é fake news, babaca do influenciador que faz com que as outras pessoas tenham medo de doar coisas, porque pode ter algum tipo de represália em relação a multas, em relação a tudo, porque o que eles querem é acabar com as pessoas, acabar como ser humano, é isso que esse pessoal quer, essa cambada de vagabundo que faz fake news", afirmou Neto durante seu programa ao vivo.

Marçal, que havia disseminado a informação falsa de que as autoridades estavam multando veículos de doações, respondeu nas redes sociais.

"Neto, que tá desejando a minha morte aí, que é um cheirador de cocaína e fala sem nenhuma responsabilidade, vai ser acionado também. E todo dinheiro que eu receber das duas ações vai ser para construir casa", disse Marçal.

Pablo, em resposta à ação judicial, afirmou que antes de qualquer retratação, exigirá exames toxicológicos ou psiquiátricos de Neto e pedirá ao Grupo Bandeirantes o afastamento do apresentador.

Fonte: Migalhas

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,44 +0,28%
Euro
R$ 5,93 +0,04%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 367,777,04 +10,64%
Ibovespa
129,320,96 pts 0.33%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias