Segunda, 15 de Julho de 2024
20°C 36°C
Teresina, PI
Publicidade

Advogado que forjou habeas corpus para soltar membro do PCC é preso

Outros dois envolvidos no esquema, um empresário e outro advogado, já haviam sido presos.

26/06/2024 às 12h44
Por: Lucyanna Nunes
Compartilhe:
 Advogado é preso por falsificação de assinatura de desembargadora para libertar preso.(Imagem: PF)
Advogado é preso por falsificação de assinatura de desembargadora para libertar preso.(Imagem: PF)

Em uma ação conjunta de inteligência, a Polícia Militar de Goiás prendeu um advogado suspeito de falsificar a assinatura de desembargadora do TJ/SP para libertar preso ligado ao crime organizado. O advogado, Augusto Cesar Moraes Casaro, de 48 anos, era o último dos suspeitos foragidos.

Outros dois envolvidos no esquema, o empresário Sandro Moretti, de 47 anos, e o também advogado José Pedro Cândido de Araújo, já haviam sido presos.

Os envolvidos foram denunciados por associação criminosa, falsificação e uso de documentos falsos. A ação conjunta que levou à prisão de Casaro é parte dos esforços contínuos das autoridades para combater o crime organizado e as tentativas de manipulação do sistema Judiciário.


De acordo com a denúncia apresentada à Justiça, Sandro Moretti, que não possui registro na OAB, montou um escritório e utilizou o certificado digital de Casaro para inserir documentos falsos no sistema eletrônico do TJ/SP.

Os documentos falsificados incluíam a assinatura de uma desembargadora, utilizada para tentar libertar Gilberto Aparecido dos Santos, conhecido como Fuminho, um dos líderes do PCC.

O esquema foi descoberto quando se verificou que o endereço IP utilizado para enviar os documentos ao sistema pertencia ao falso advogado, localizado em Presidente Prudente, no extremo oeste de São Paulo.

Gilberto Aparecido dos Santos, o Fuminho, está preso desde 2020 na Penitenciária Federal de Brasília. Ele havia fugido da cadeia do Carandiru em 1999 e foi recapturado 20 anos depois em Moçambique, na África.

Fuminho é considerado um dos principais traficantes de drogas do PCC e possui uma condenação de 26 anos e 11 meses de prisão por tráfico, além de estar envolvido em outros crimes graves.

Fonte: Migalhas

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,45 +0,31%
Euro
R$ 5,94 +0,10%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,08%
Bitcoin
R$ 365,729,48 +9,99%
Ibovespa
129,463,93 pts 0.44%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias