Domingo, 23 de Junho de 2024
21°C 36°C
Teresina, PI
Publicidade

Governador trata de parcerias com o presidente do TJ para fortalecer segurança pública

No encontro, o presidente do Tribunal de Justiça apresentou o Plano de Gestão do Judiciário piauiense.

16/05/2023 às 10h52 Atualizada em 16/05/2023 às 12h15
Por: Redação Fonte: Secom Piauí
Compartilhe:
Rafael Fonteles e Hilo de Almeida (Foto: Gabriel Paulino/CCOM)
Rafael Fonteles e Hilo de Almeida (Foto: Gabriel Paulino/CCOM)

O governador Rafael Fonteles recebeu, nesta segunda-feira (15), o presidente do Tribunal de Justiça do Piauí, desembargador Hilo de Almeida. Na oportunidade, o presidente do TJ apresentou o Plano de Gestão do Judiciário piauiense. O plano visa à criação de três novas Centrais de Inquéritos, em Teresina, Parnaíba e Picos; uma nova Vara do Júri para Teresina e nova central para crimes de roubo e organizações criminosas.

Rafael Fonteles explicou que o governo quer ampliar o diálogo com as instituições e que a segurança pública é um dos focos. “Hoje o desembargador Hilo de Almeida me repassou o Plano de Gestão do Judiciário piauiense que está em alinhado com o nosso planejamento. As demandas de segurança pública são complexas e a parceria com as instituições é fundamental para reduzirmos os índices de criminalidade”, afirmou o governador.

Está sendo discutida uma parceria entre os dois poderes para levar salas de cidadania para todos os municípios piauienses e um grande projeto de regularização fundiária. “Com isso, garantiremos mais celeridade, qualidade e acessibilidade da Justiça para o nosso povo, sobretudo para aqueles que mais precisam”, acrescentou Rafael Fonteles.

O presidente do Tribunal de Justiça comemorou a consolidação da parceria com o Governo do Estado. “Estamos muito felizes, porque estamos consolidando esta parceria, mostrando para a sociedade que as instituições estão funcionando unidas e fortalecidas para o enfrentamento deste grande problema que é a violência do nosso estado. Um grande salto neste fortalecimento é também a acessibilidade da Justiça, com a implantação das salas de cidadania, bem como outro grande projeto de alcance social que é o Regularizar”, enfatizou o desembargador Hilo de Almeida.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,81 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,13%
Bitcoin
R$ 370,950,65 +0,87%
Ibovespa
121,341,13 pts 0.74%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias